top of page

Trágica ironia

Vejo sempre um toque de ironia, quando leio ou ouço declarações de representantes da elite brasileira sobre as questões econômicas. Aumenta essa sensação, mesmo se o declarante se mostra com a pretensão de ser um analista. Os bons ventos que parecem adivinhar oportunidades de ganhos ou lucros ainda maiores soam como a imagem que viria do esgar próprio ao desdém. O quase-sorriso maroto, pendurado no canto da boca, aquela gozação dos que nunca perderam e parecem ter a certeza de que nunca perderão. Por isso, tudo quanto interessa à maioria dos brasileiros passa ao largo, como se não existisse. Mostram-se pelo menos promissoras e submetidas a premissas obedecidas há décadas, as condições em que operarão os agentes econômicos. Em outras palavras, o ser etéreo e fantasmagórico chamado mercado é propício, tanto quanto puder expandir os negócios, mesmo que a maioria da população esteja excluída do usufruto de qualquer benefício. O trabalho escravo e o suor e o sangue que ele faz escorrer permanecerão intocados, como intocada estará a desigualdade, propositalmente esquecida dos que a produzem e exploram a seu favor. Nada diferente do passado, em alguns casos transferido para muitos séculos atrás. O que transforma a ironia antes mencionada em uma tragédia bem urdida e infensa a qualquer avanço que nos faça alcançar um mínimo estágio de civilização. E de humanidade.

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Mandatos pró-ambiente

PSOL e Rede inscreverão 11 de seus filiados para concorrer nas próximas eleições municipais. Eles são candidatos a uma vaga coletiva, para defender o meio ambiente, diante da degradação por que passa

Genocídio dos indígenas

Vai de vento em popa o processo de exterminação das populações e povos originários nas terras a que os europeus chegaram em 1500. O Conselho Missionário Indigenista, o bravo CIMI, ainda dia 16 deste m

A soberania transferida

Muito se tem discutido a respeito do papel do Banco Central. Não o suficiente, porém, para permitir julgamento e manifestações destituídas dos valores e interesses postos em jogo, nem sempre de maneir

Comentários


bottom of page