top of page

Sociologia

Dirigida pelo sociólogo Jacob Lima, da UFSCAR, Presidente da entidade, a sessão inaugural do 20º Congresso Brasileiro de Sociologia começou pela outorga de importante título a três profissionais da área. As sociólogas Eva Blay (USP), Inaiá Maria Moreira de Carvalho (UFBA) e Violeta Refkalefski Loureiro(UFPA) foram agraciadas com o Prêmio Florestan Fernandes. Apresentadas por colegas de profissão (Sérgio Adorno, Iracema Guimarães e Edila Moura, respectivamente), as homenageadas desfrutam de grande prestígio acadêmico em suas respectivas instituições, tanto quanto dentre a comunidade científica brasileira. Já na abertura do evento comemorativo dos 70 anos da SBS foi possível observar a atenção que os sociólogos brasileiros dedicam à situação nacional. A conferência proferida pela professora Elisa Reis, da UERJ, sobre Sociedade, Estado e Natureza, muito bem recebida pelos participantes, desde logo dá o tom do encontro, que se encerrará dia 17, às 12:15. Em seguida, foi iniciada a programação de lançamento de livros. As atividades do Congresso serão iniciadas diariamente às 08:00, com a ministração de Minicursos. Fóruns, Mesas-redondas, Conferências e Lançamento de Livros (20 títulos), além de Grupos de Trabalho (19) e Rodas de Conversa completam a rica e variada programação do evento. Sociólogos de todo o Brasil participam do Congresso que, pela sessão inaugural, evidencia quanta importância têm esses profissionais para a compreensão da realidade nacional e a construção de um projeto digno e promissor para o povo brasileiro.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

França e franceses

Mais uma vez vem da França o anúncio de novos avanços na História. Esta quinta-feira marca momento importante daquela sociedade, há mais de dois séculos sacudida pelo lema liberté, fraternité, egalité

Uso indevido

Muito do que se conhece dos povos mais antigos é devido à tradição oral e a outras formas de registro da realidade de então. Avulta nesse acúmulo e transmissão de conhecimentos a obra de escritores, f

Terei razão - ou não

Imagino-me general reformado, cuja atividade principal é ler os jornalões, quando não estou frente à televisão, clicando nervosamente o teclado do controle remoto. Entre uma espiada mais demorada e ou

Comments


bottom of page