top of page

O centro do Mundo

Belém atrai, nestes dois dias, todas as atenções do Mundo. A reunião dos governantes dos oito países que integram o subcontinente sul-americano significa muito mais do que aparenta aos incautos. Em primeiro lugar, ela diz da aguda percepção do Presidente Lula. O pragmatismo que tem orientado sua vida política responde pelo aproveitamento de uma oportunidade que a crise climática oferece à nação que sedia a maior floresta tropical do Planeta. Em segundo lugar, Lula revela o grau da admiração granjeada dentre seus colegas da Pan-Amazônia. Graças a isso, todos os países dessa porção continental aquie9sceram ao seu convite e estão na capital paraense. Por último, mas sem qualquer intenção de exaustividade, resta mencionar o papel que o Brasil passa a jogar no cenário mundial. Tornou-se indiscutível a importância da Amazônia como verdadeira reguladora do clima do Planeta. Isso não escapa à percepção do governante brasileiro; antes serve de pano de fundo para as discussões que serão travadas nesses dois dias na cidade fundada por Francisco Caldeira Castelo Branco. Lá se vão 407 anos...

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A soberania transferida

Muito se tem discutido a respeito do papel do Banco Central. Não o suficiente, porém, para permitir julgamento e manifestações destituídas dos valores e interesses postos em jogo, nem sempre de maneir

Mentalidade

Tenho chamado mentalidade zonafranqueana a certo modo de ver o Mundo. Algo expresso no que chamamos visão de mundo, em todo caso orientador de interpretações do ambiente social e físico em que estamos

A ZFM e a reforma tributária - 4

Uma coisa é certa: o Estado do Amazonas, que nada deve à União, não pode perder a competitividade que a Constituição lhe assegura. Outra coisa não pode ser ignorada: de prorrogação em prorrogação, a s

Comments


bottom of page