O cavaleiro lembrando nosso folclore


Confeccionada em metal (?), a figura de Dom Quixote é presa ao vidro e se apoia por um pequeno gancho, também metálico. A evocação de uma das figuras mais expressivas do folclore brasileiro, o Saci, de imediato surge à memória. O motivo é a inusitada amputação de uma das pernas do cavaleiro manchego, dando o toque original à peça. Mesmo sem que o tenaz perseguidor da Justiça e do Amor largue seu escudo. Só terá faltado seu fiel acompanhante, Sancho Pança. O mito Alfonso Quijano, de Cervantes, não tem pés de barro. Nem suas versões, sejam do material que forem, têm pé quebrado. Só pura poesia.


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo