top of page

Lema desprezado

Na pátria da liberté, fraternité, egalité, não é diferente o desprezo pelo lema da Revolução que mudou a História do mundo. Mostra-o o resultado do primeiro turno da eleição presidencial de ontem. Embora o eufemismo venha sendo tentado, para fazer de Emmanuel Macron (candidato à reeleição, com 28,1% dos votos) um político do centro, só a direita francesa disputará o turno do dia 24 próximo. Marine Le Pen, da extrema direita, recebeu 23,3% dos votos. Ainda não se pode dizer semelhante à de outros países a polarização, porque Jean-Luc Mélenchon alcançou 20,1%. Esse, um candidato à esquerda dos outros dois, e assumidamente socialista.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Não fazem falta

Há indivíduos que, ausentes, fazem enorme favor aos outros. Cafu e Ronaldinho Gaúcho organizam um jogo entre veteranos, cuja renda se destinará às vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul. Enquanto

O medo da urna

A credibilidade do governador Eduardo Leite afundou de vez nas águas do Guaíba e outros rios. Quando todas as cidades atingidas pelas enchentes baixarem, restará na lama o prestígio do governante. Alé

Provas provadas

A Revista de Saúde Pública, do Instituto Sérgio Arouca, tirou as dúvidas. Nós municípios em que o ex-capitão excluído das forças armadas e tornado inelegível venceu as eleições de 2022, o índice de mo

Comments


bottom of page