top of page

Insetos e sua atração

Os habitantes das regiões tropicais sabemos quão variada e numerosa a população de insetos com as quais convivemos. Não que eles estejam ausentes em outros continentes e latitudes. Na Amazônia, porém, eles parecem mais abundantes, sendo quase certa a existência dos que a Ciência ainda há de descobrir e identificar. Essa mesma Ciência rejeitada pelos energúmenos, de espécies e variedades igualmente múltiplas. Não faz muito tempo, tive notícia de uma nova disciplina da área jurídica, Entomologia Forense, resultante sobretudo do esforço de biólogos dedicados ao estudo dessa classe de animais. Os conhecimentos acumulados permitiram expressivo avanço na determinação do momento da morte, levando em conta a presença de certa variedade daqueles pequenos animais, na cena do evento. Em geral, refestelando-se com as carnes podres do morto. Certamente, um grande avanço da Biologia, com reflexo direto na Criminologia. A presença de insetos no ambiente dos vivos (até demasiadamente vivos) também tem algo a ensinar. E não só no que pertine aos parasitas, como as pulgas e carrapatos. Ainda que em alguns casos cumpram o mesmo papel social. Olhem-se os protagonistas das cenas políticas, e neles fica fácil identificar algumas dessas variedades de que trata a Entomologia. As mariposas, por exemplo, buscam luz e calor, por isso que se aproximam das lâmpadas e refletores. Os rola-bostas procuram os cadáveres ou os moribundos, campo propício ao cumprimento de seu destino natural. Se o leitor olhar com atenção a coorte dos que atraem os insetos que circulam no ambiente político, sem dificuldade identificará os carrapatos, as mariposas, as traças, os rola-bosta e tantas outras variedades, de voo quase previsível, a cada troca de guarda. Quase esqueço de dizer: saber se o protagonista principal é cadáver (político, moral, físico etc.) ou ser reluzente é tarefa muito fácil para quem tem o mínimo conhecimento - de insetos e seres ditos humanos. Olhe-se em volta deles, o quanto bastará!

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

França e franceses

Mais uma vez vem da França o anúncio de novos avanços na História. Esta quinta-feira marca momento importante daquela sociedade, há mais de dois séculos sacudida pelo lema liberté, fraternité, egalité

Uso indevido

Muito do que se conhece dos povos mais antigos é devido à tradição oral e a outras formas de registro da realidade de então. Avulta nesse acúmulo e transmissão de conhecimentos a obra de escritores, f

Terei razão - ou não

Imagino-me general reformado, cuja atividade principal é ler os jornalões, quando não estou frente à televisão, clicando nervosamente o teclado do controle remoto. Entre uma espiada mais demorada e ou

Commentaires


bottom of page