Guerra e Paz

Em meio ao pessimismo que muitos tentam generalizar, uma notícia auspiciosa: a Fundação Oswaldo Cruz espera iniciar a vacinação contra a covid-19 em março de 2021. Para isso, a vacina desenvolvida com a farmacêutica AstraZeneca será produzida já em dezembro, sendo em janeiro obtida autorização dos órgãos competentes. Pequeno atraso ou avanço nesses prazos não escapa aos cuidados dos dirigentes da Fiocruz e os cientistas envolvidos no projeto, cujo primeiro lote de doses permitirá imunizar expressiva parte da população. Quem o diz é o vice-Presidente de Produção e Inovação em Saúde da respeitável instituição, Marco Krieger. Faz pouco mais de um ano o esforço da Ciência em busca da vacina. Para os que têm olhos fixados no retrovisor, só entre 5 e 10 anos bastariam para alcançar objetivo. A realidade, para os que preferem a Ciência à ignorância, a Vida à morte, revela-se diferente. Mate quantos matar, a guerra – qualquer guerra – jamais eliminará o anseio de Paz sobre a face da Terra. E a máxima romana (vis pax para bellum/se queres a Paz, prepara-te para a guerra), pode ser definitivamente sepultada.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O Brasil caiu nas mãos do seu torturador*

Em 17 de abril de 2016 na votação do farsesco impeachment contra Dilma Rousseff, Bolsonaro se tornou o Ubu rei nacional. Ubu Rei é um personagem de uma peça homônima de Alfred Jarry que data do final

Saída difícil

Imagine-se um carro Ford-T trafegando nas ruas das grandes cidades. Por mais agradável que fosse conhecer aquele símbolo do mundo industrial emergindo, ninguém negaria o anacronismo da paisagem. Pois

Quem quiser, que o compre

Assisti à sessão híbrida em que a Câmara dos Deputados confirmou a decisão unânime do Supremo Tribunal Federal, determinando a prisão do deputado Daniel Silveira. O relatório lido pela autora, deputa

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.