top of page

Era o que faltava

A Câmara Municipal de Manaus aprovou o repúdio a declarações do triPresidente da República, por manifestações dele contra a política armentista. Embora haja direta relação entre a facilidade oferecida ao comércio, porte e uso de armas e o crescimento da violência, os vereadores dão de ombros para o fenômeno. Mesmo que a decisão corresponda ao que se conhece da conduta dos representantes municipais, ela só não surpreende porque podemos esperar coisa pior. Sabe-se, porém, que não é para isso que o contribuinte lhes paga salários, jetons, ajudas de custo etc.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Não fazem falta

Há indivíduos que, ausentes, fazem enorme favor aos outros. Cafu e Ronaldinho Gaúcho organizam um jogo entre veteranos, cuja renda se destinará às vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul. Enquanto

O medo da urna

A credibilidade do governador Eduardo Leite afundou de vez nas águas do Guaíba e outros rios. Quando todas as cidades atingidas pelas enchentes baixarem, restará na lama o prestígio do governante. Alé

Provas provadas

A Revista de Saúde Pública, do Instituto Sérgio Arouca, tirou as dúvidas. Nós municípios em que o ex-capitão excluído das forças armadas e tornado inelegível venceu as eleições de 2022, o índice de mo

Comments


bottom of page