Então, tá!

O Prefeito de Manaus pensa que todos os demais são burros. Ou absolutamente imbecilizados. Nem sabe a diferença entre esperteza e inteligência (que, demasiada engole o dono, como dizia Tancredo Neves). Não fosse assim, escolheria outra desculpa para a nomeação de candidatos não-eleitos, parentes ou cabos eleitorais para cargos municipais. David Almeida aumentou, com suas explicações, a hipótese de nomear alguém bem-empregado, bem-intencionado e absolutamente desinteressado por uma boquinha. O visitante-leitor não se descuide! Pode ser que seu nome apareça em lista de nomeação de que o Prefeito não tem conhecimento. Só a assinatura.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Quadradismo

A Terra é redonda, embora Osmar seja quadradíssimo. Pelo menos, no pensamento(?) e na conduta. Seus seguidores e companheiros de ideais, de que Paulo Zanotto é talvez o exemplo emblemático, devem ador

Motociata e negócio

Passeio de motocicletas com placas encobertas podem ser mais que motociatas. A mais recente, porque considerá-la a última é tolice, custou R$ 1,2 milhão aos contribuintes. O nome da aglomeração motori

Frases 129

A mentalidade anarquista do Presidente age para destruir e desmoralizar as instituições. Dita pelo General Luís Carlos Santos Cruz, ex-Secretário de Governo da Presidência da República. Integrante do