top of page

Desunindo

Pelo menos doze espaços públicos de Campina Grande foram reservados a manifestações religiosas, neste carnaval. O Prefeito Bruno Cunha Lima (desUnião Brasil), proibiu outras festas ou reuniões, favorecendo seitas e movimentos religiosos, em detrimento de outros grupos. Carnavalescos, inclusive. Imagina-se que o Prefeito receberá com honras de chefe de Estado um pastor norte-americano que defende a escravidão. Douglas Wilson é o nome do escravocrata.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Pecadores e pescadores

Os pescadores em águas turvas não perdem tempo. Enquanto resistem à inclusão da carne dentre os itens isentos de impostos, inventam a isenção de armas, munições e tudo o que concorre para aumentar a v

Difícil desaprendizado

Ou fiquei analfabeto ou sou levado a grande confusão. Leio no Valor Econômico (10-7-2024, p.4) números relativos ao varejo. Lá se registra comparação das vendas entre os dois primeiros trimestres dest

Comments


bottom of page