top of page

CATÁSTROFES NO MUNDO

Na Síria um ditador se perpetua no poder,

Que herdou do seu pai, ditador.

Estado policial, repressão, violência.

O povo, na ânsia de libertação,

partiu para a resistência armada.

O governo despótico reprimiu.

Instaurou-se a guerra civil, que mata milhares de sírios,

destrói cidades, a natureza, e as criações puras dos artistas.

Seis anos de guerra.

Milhões de crianças têm uma única experiência em suas vidas:

mortes, ferimentos, sangue, fome, frio, perdas de seus pais,

orfandade, bombardeios... a guerra.

Elas já nem choram... não sabem porque chorar!

Para elas, o mal se naturalizou.

Estão perdidas na dor e no abandono,

sem lar, sem escola, sem irmãos, sem amigos.


Mas, como isto, se a Paz é tão bela?!

Na PAZ:

As crianças saudáveis nas escolas, brincando, crescendo,

saudáveis, protegidas e amadas.

Seus pais trabalhando e projetando o presente e o futuro. Amando.

Os poetas criando poemas de amor e de vida.

Os pintores recriando o homem e a natureza,

o belo nascendo e renascendo.

A nação, na fraternidade dos seus filhos,

preservando o destino histórico do povo.

Os sírios veem sua história milenar

- cantada em versos e em prosa pelos artistas –

ser interrompida na tragédia, na catástrofe

da reciprocidade das mortes entre irmãos.


Se a paz é tão bela,

cada um e todos

construindo e desfrutando a felicidade,

na plenitude do viver,

por quê a guerra?!


Orlando Sampaio Silva





4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A Ciência voltou

Agora que temos o justo slogan, é preciso colocá-lo em prática. Por que o governo Lula e MCTI falham em provar que C&T é prioridade e política de Estado? A eleição do governo fascista anticiência, ges

Comments


bottom of page