top of page

Brilho merecido

Começa a preocupar os comentaristas e jornalistas políticos o risco de muitos dos envolvidos na tentativa de golpe e nas ações terroristas de 8 de janeiro acabarem escapando das penas da Lei. O grande número de terroristas presos, a prisão de alguns bichos graúdos e a demora em gente(?) ainda mais graúda sofrer os justos e legítimos constrangimentos legais são o motivo da preocupação. Sentem-se em alguns desses comentaristas dúvidas a respeito de decisões e providências que lhes parecem inquietantes. Uma delas, a manutenção dos presos em penitenciárias distantes de seu local de residência física -, quando esta houver. No extremo, a probabilidade de não serem obedecidas todas as regras que asseguram o devido processo legal e garantem o respeito aos direitos humanos. Embora não se tenha ainda conhecimento de alguma ocorrência reveladora de desrespeito a essas garantias individuais, a preocupação com o guarda da esquina não é desprezível. Outro ponto que causa mal-estar tem a ver com a aparente falta de prioridade na apuração dos atos criminosos praticados pelos orientadores, estimuladores e aliciadores, nenhum deles presente fisicamente na depredação das sedes dos Poderes republicanos. Mas eles existem, nem todos a esta altura cobertos pelo céu do Brasil. Não haveria nada de mal, se os terroristas presos na Papuda e na Colmeia, no Distrito Federal, fossem devolvidos (às suas próprias expensas, ou de seus patrocinadores) a seus locais de origem. A alguns até - quem sabe? - poderia ser concedida a liberdade, sempre com as medidas cautelares de praxe. Uso de tornozeleira eletrônica, restrição de atividades sociais que lhes favorecesse nova prática antidemocrática,. obrigação de comparecimento periódico à autoridade policial ou judiciária, recolhimento de passaporte, e todas as medidas preventivas aplicáveis a cada delinquente. Aos que reivindicam piscina de água aquecida, chás das cinco e happies-hours, creio que nenhum contribuinte reclamaria se fossem fornecidas tornozeleiras douradas ou dotadas de mecanismos de som que denunciassem sua presença no ambiente, sempre que o portador se aproximasse, eles que gostam tanto de aparecer nas redes sociais. Aa selfies que os incriminaram dizem mais...

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

França e franceses

Mais uma vez vem da França o anúncio de novos avanços na História. Esta quinta-feira marca momento importante daquela sociedade, há mais de dois séculos sacudida pelo lema liberté, fraternité, egalité

Uso indevido

Muito do que se conhece dos povos mais antigos é devido à tradição oral e a outras formas de registro da realidade de então. Avulta nesse acúmulo e transmissão de conhecimentos a obra de escritores, f

Terei razão - ou não

Imagino-me general reformado, cuja atividade principal é ler os jornalões, quando não estou frente à televisão, clicando nervosamente o teclado do controle remoto. Entre uma espiada mais demorada e ou

Comments


bottom of page