Alívio apenas

O dia 1 de fevereiro de 2021 tem para mim o gosto que teve o 13 de maio de 1888 para os escravos brasileiros. Se nossos irmãos africanos ficaram condenados à sua própria sorte, os brasileiros de hoje temos consciência do estado crítico da saúde pública no País. Pior é pensar no processo de desmonte e destruição que há anos se abate sobre o SUS. Pois é o pessoal do Sistema Único de Saúde que tem segurado a barra. Pode-se impedir a covid-19 de matar mais, e se pode suspeitar do desgosto que isso traz a muitos seres que reivindicam a condição humana. O alívio não significa a cura. Ainda mais quando a doença tem aliados nos altos escalões.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A Amazônia sendo devastada, o Presidente vendendo gato por lebre no exterior e o vice-Presidente, investido das funções de xerife da Amazônia, só agora soube da devastação. Do círculo de ferro das fak

Segue em marcha batida o processo que tentará impedir a participação do Presidente e excluir o até agora imbatível ex-Presidente Lula das eleições de 2022. Os media já noticiam o interesse do centrão

Sinto envelhecer, quando: o casamento, no passado formador de famílias, passou a ser um organizador de quadrilhas; o desvio de dinheiro púbico era chamado desfalque, não comissionamento; o patriota e