Nojo

Nojo, não ódio, é o que sentem os bem pensantes, em relação aos dias que vivemos. Menos pela pandemia que um vírus traz consigo, mas pelos vermes bípedes que pretendem devolver-nos às trevas por que fomos cobertos, durante 21 anos. E que, ao fim e ao cabo (outros também), multiplicam o número de mortes antes anunciado. Não são "apenas" 30 mil; a meta foi há muito multiplicada, em ritmo tragicamente constante.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Menos mal

Continuará a chamar-se Praça Nestor Nascimento o logradouro da Praça 14. Houve recuo dos promotores de mais uma das muitas ignomínias que têm vitimado segmentos sociais desfavorecidos. No caso específ

Mercado

Oferta e procura se encontram. Ao final, chegam ao objetivo buscado: o preço. Simples assim, diria o obediente general Pazuello. Atento a isso que se considera a principal lei de um ser etéreo, invisí

O coringa desastrado (?)

Migrante ministerial, o réu confesso Ônix Lorenzoni troca de pasta como quem troca de roupa. Perece certo ministro da ditadura, pau para toda obra. Com uma vantagem sobre o pretenso candidato ao gover