À tripa forra

Romero Brito, artista plástico residente em Miami, e Eri Johnson, ator, encheram o bucho (para usar a linguagem corrente no local), no almoço das mães, no Palácio Alvorada. Desde o alvorecer, carne assada por churrasqueiro ido de Belém do Pará ardia. Comprada ao módico preço de R$ 1.799,99 o quilo, a carne importada do Japão foi temperada pelo cozinheiro Tchê. O profissional gaúcho vê reduzida sua clientela na capital paraense. Artistas e outros convidados satisfizeram seus apetites. E o dos demais convivas.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Policialesco

Quem ainda tenha dúvida sobre a transformação do Estado democrático de Direito em um Estado policial, leia com atenção noticiário sobre as irregularidades atribuídas ao ex-reitor da UFSC, professor Lu

Justa reverência

Denominar o prédio em que se instalou a Faculdade de Artes da UFAM de Maestro Nivaldo Santiago era o mínimo que o velho professor merecia. Fez-se justiça a ele, cujos serviços profissionais engrandece

Zona Franca posta em questão

Promovida pelo grupo de pesquisas Ilhargas, do Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais da UFAM, uma discussão sobre a zona franca de Manaus será realizada hoje. Reunindo interessados no tem