top of page

Provas suficientes



Esta semana pode ser a última da oitiva de depoentes na CPI da covid-19. Não pela exaustão da lista de envolvidos na corrupção rebatizada. Comissionamento é seu novo nome. Quem sabe um pouco do processo decisório sabe que a quantidade de variáveis quanto maior, mais dificulta a chegada à decisão. Provas já não faltam à longa lista de crimes praticados à sombra e sob o patrocínio do poder. O material colhido pelos senadores será objeto da análise dos membros da Comissão, nas próximas semanas. Espera-se conduta mais agressiva do Presidente, porque o desespero o levará a isso. Razões ele as tem de sobra. Precisa ser muito homem para manter a calma, atrás das grades. Mesmo na companhia de familiares. Quando o barco faz água, até os que não sabem nadar preferem atirar-se ao mar. Não fosse assim, como ter o centrão sempre à superfície?

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Não fazem falta

Há indivíduos que, ausentes, fazem enorme favor aos outros. Cafu e Ronaldinho Gaúcho organizam um jogo entre veteranos, cuja renda se destinará às vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul. Enquanto

Prioridades

Pelo menos não se pode acusar o governador Eduardo Leite de insincero. É possível que nele se tenha manifestado o que meu velho e saudoso mestre de Direito Penal Aldebaro Klautau chamava oasis de honr

RS: É HORA DE FALAR DOS CULPADOS

A tragédia no Rio Grande do Sul não pode ser atribuída somente à mudança climática, como se ela tivesse batido na porta sem avisar. Em 2015, ainda no governo Dilma, a Secretaria de Assuntos Estratégic

Comments


bottom of page