Nem sempre...

Poetas

profetas que põem

o que posto ainda não está

pondo o que se apresenta

ali e acolá

tempo-espaço conubiados

amores êxitos fracassos

ódios estimas

antevisões premonições

versos

verbos e rimas


Poesia é vida

vida é poesia

viagem ambas

destino incerto

cheia de risco

a trajetória


Poetas não-poetas

leigos leitores

juntos todos poéticos

ou não

constroem comum história

com juízo ou sem juízo

com ganho ou prejuízo

navegar é preciso

coisa possível só

ao que está

vivo


Vida-viagem

viver-viajar

olhos do poeta postos

na terra ainda não-vista

imensidão cuja conquista

torna precisa a vida

navegação

orientada desde onde

as estrelas têm a morada

os pés no chão

cansativa a caminhada.

Vida-viagem: poesia.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Folia pandêmica

Carnaval sem Momo mesmice imposta pior que tudo - sabe-se como à alegria mascarados são diferentes ao menos nas máscaras encobrindo rostos escondidas intenções mal dissecadas desérticas almas desalma

Cinzas

Não acabou nosso carnaval desta vez ele não veio fez-se cinzento o firmamento e tudo o mais o medo a angústia a dúvida mal escondidas máscaras sobrepostas rostos quase desprovidos desconhecidos sentim

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.