Nem sempre...

Poetas

profetas que põem

o que posto ainda não está

pondo o que se apresenta

ali e acolá

tempo-espaço conubiados

amores êxitos fracassos

ódios estimas

antevisões premonições

versos

verbos e rimas


Poesia é vida

vida é poesia

viagem ambas

destino incerto

cheia de risco

a trajetória


Poetas não-poetas

leigos leitores

juntos todos poéticos

ou não

constroem comum história

com juízo ou sem juízo

com ganho ou prejuízo

navegar é preciso

coisa possível só

ao que está

vivo


Vida-viagem

viver-viajar

olhos do poeta postos

na terra ainda não-vista

imensidão cuja conquista

torna precisa a vida

navegação

orientada desde onde

as estrelas têm a morada

os pés no chão

cansativa a caminhada.

Vida-viagem: poesia.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Escandinavos

Poetas preferem ouvir estrelas reis fossem qualidades mágicas à flor da pele fariam de Aldebaran Orion Rígel suas guias à manjedoura chegaram mirra ouro incenso generosa doação depositaram esquecido o

Mitologia

Presos no labirinto pelos dedos de Dédalo negado encontramos Mefistófeles que o fizesse Teseu fez-se ausente todavia todo o tempo impossível tessitura não fosse a linha da vida Ariadne a tecelã entret

À brasileira, holocausto

Nossos olhos nem precisam ser azuis tez amorenada cara de índio caboclos é o que todos somos composição cromática ameríndios gestados nos trópicos empenhados em replicar sob o equador costumes hábitos