Natal e pandemia

Com a trena

o velho mediu a distância

partiu do Norte

da força da rena

transporte e circunstância

fez o que lhe cabia

tenra era a noite

terno o sentimento

levado pela rena

atravessou montes

pairou sobre vales

águas florestas

cânions não lhe impuseram

medo

visitou mesas fartas

noutras não encontrou

um pedacinho de pão

mesmo assim

dão desistiu

a barba branca

misturava-se às nuvens

não fazia outro

o destino do trenó

a tarefa exigida

pelas cartas

trazia-o de volta

para o Norte

vencida a morte

ao velho restou apenas

ficar só...

Manaus, 15 de dezembro, 2020

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Restos

A carne assada segundo a preferência dos convivas apetite voraz sabor antecipado de gozo estardalhaço alardeando franca e abjeta algaravia vazias as ruas desertas de oxigênio uti’s enfermarias prato f

Gostos e gestos infernais

Há-de gratificar multidão em rebanho transformado transfornada aos gritos “mito, mito, mito!” o grotesco da cena os convivas abutres distraídos carniça facilmente conquistada nos pratos postos dispens

Uma só vez, por favor!

Se não fores ser narcísico em seu próprio umbigo amarrado ouvires ecos terríveis sons pelas lúgubres cordas da morte entoados tiveres olhos lágrimas vertidas frente a milhares de corpos violados tuas

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.