Cacos, caos...nada mais

Caçadores amadores

colecionadores

símbolos do caos

que nos domina

construção feita de cacos

em que a humanidade se

elimina

despedaçados

seres humanos

pés bem mergulhados

no lodaçal pouco a pouco

submerso

base de pátria que se alega

amada, em que o sonho

se faz só subverso

onde falta alma

alheia à lama

triste mal-amada

regurgita ao engolir

a pátria armada

a lama que sepulta

esperanças mais que vida

desesperadas almas em agonia

aborto nem nascido prematuro

desce aos infernos

escada cavada a

cada novo dia...

no passado que se faz

futuro.

Manaus, 14 fevereiro 2021



0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Mitologia

Presos no labirinto pelos dedos de Dédalo negado encontramos Mefistófeles que o fizesse Teseu fez-se ausente todavia todo o tempo impossível tessitura não fosse a linha da vida Ariadne a tecelã entret

À brasileira, holocausto

Nossos olhos nem precisam ser azuis tez amorenada cara de índio caboclos é o que todos somos composição cromática ameríndios gestados nos trópicos empenhados em replicar sob o equador costumes hábitos

Aos amigos... e também aos outros

Chamem-me, por favor de esquerdopata! não titubeiem, ao chamar-me com presumível generosidade de esquerdista pelo menos desta vez estarão aproximando-se uma vez que seja da verdade. Usem os adjetivos