top of page

Vento na popa

Ladram os cães, enquanto a caravana segue firme. A viagem do triPresidente Lula à África, iniciada no último domingo, é irrelevante e desnecessária apenas para os néscios. Ao contrário, a reunião da qual participará como liderança maior o Presidente brasileiro tem tudo para constituir importante mudança na geopolítica internacional. Não só pelo tamanho e a relevância das nações que integram o grupo. Já é grande e promissor, e cada dia será maior, o peso da China, da Índia e do Brasil no jogo da política e, como se sabe, tem tudo para tornar-se maior ainda, em nível planetário. E, como também se sabe, tem tudo para tornar-se cada vez maior. A Cúpula da África talvez traga como primeira consequência o ingresso de algumas, se não todas, das 22 nações desejosas de integrar o BRICS. Hão de ficar bem marcadas na mente dos observadores que não ladram certos avanços da organização, em relação às tentativas anteriores, inspiradas na ideia do terceiromundismo. Para muito terá concorrido a crescente e abrangente desigualdade que o capitalismo tem espalhado pelo Planeta. O produto daí decorrente, traduzido na fome, no reaparecimento de doenças, no acirramento da violência, na crise do desemprego ou na precarização das condições do trabalho humano - enfim, na exclusão da maior parte das populações, acaba por exigir respostas eficazes. O que não tem ocorrido, e nem seria de esperar, quando a solidariedade entre pessoas e povos e a fraternidade exigível são sepultadas sob os escombros que o ódio produz. A discussão sobre a moeda comum sugerida para os negócios entre os países-membros do BRICS+ deverá prosperar. Sem a pressa que agradaria a alguns, até como estratégia para quem torce pelo e deseja o naufrágio do processo de fortalecimento ora empreendido. O papel que joga o Brasil nesse contexto, só os imbecis ousarão ignorar.



21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Mudanças conceituais

Vivemos em um mundo em permanente mudança. Não há um só dia em que algo não mude, em todo lugar. As alterações da natureza, em geral lentas, ajudam a caracterizar períodos geológicos e se medem em esc

É possível uma sociedade diferente

As recentes eleições no Reino Unido e na França fizeram renascer sonhos que pareciam sepultados. Por enquanto, as avaliações se têm prendido aos números, sem que emerjam e ganhem a luz solar questões

A sede do reacionarismo

Balneário Camboriú reuniu o que há de mais retrógrado no pensamento político do Brasil e de algumas outras nações. Maior destaque foi dado ao Presidente da Argentina, Javier Milei, e não sem razão. A

Comments


bottom of page