Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.

Vamos deixar de hipocrisia*


O problema não é o crime da trans Susy, que está cumprindo pena pelo erro que cometeu.

O problema maior é o sentimento miserável de vingança de quem está solto, ao meu lado, no meu trabalho, na mesa do bar onde bebo, no vizinho que não conheço, no cristão de bem que reza e ora todos os dias.

Não tenho medo de que está atrás da grades, mas de quem vive solto espalhando seus sentimentos miseráveis de ódio, vingança, justiçamento e mentiras.

Cada dia sinto mais medo desse ser sem amor e sem honra, que tenta enganar os outros com seu falso moralismo tacanho e carrega na sua essência o desejo sórdido da morte, de matar, de ver o sangue do seu semelhante jorrando como uma cachoeira escarlate.

há diferença entre o desejo e a ação,mas o que os separa é uma linha tênue. Quem clama pelo linchamento uma hora pode matar. E esse desejo de cometer um crime pode ser extravasado com um inocente.

No desejo não há diferença entre seres ruins, degradados na sua condição humana.

A hipocrisia é abjeta porque engana, mente, é cínica e vilipendiadora.

E o hipócrita é um ser nocivo numa proporção humana tal qual um criminoso. Ele degrada o ser e sua humanidade ao ter a honestidade engolida pelo seu cinismo vil e grosseiro.


* Lúcio Carril

2 visualizações