Um dois, um dois, um dois...

A avalanche direitista que varre boa parte dos países parece importar pouco aos políticos. Ensimesmados e voltados para seus próprios e mesquinhos interesses, sequer põem seus olhos em outras nações. Em algumas delas percebe-se a mobilização da população, cuja parcela empobrecida e explorada começa a manifestar-se. Há governos que dão preferência à repressão. Quase nenhum á redução das causas, a maior (talvez única) delas, à desigualdade. Índia e Hungria têm sido dadas como exemplos da insatisfação popular. Penso que Belarus caberia na lista.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Anunciada...mas nem por isso

A forma como a covid-19 vem sendo encarada pelo governo federal responde pela tragédia que já matou mais de duzentos mil brasileiros, e ainda matará não se sabe quantos mais. O desespero que tomou con

Qual o verdadeiro PT?

Enquanto tergiversava a respeito do apoio a Baleia Rossi, o Partido dos Trabalhadores entretinha tratativas com os apoiadores de Arthur Lira, candidato de consenso entre o Presidente da República e o

Médicos paulistas se manifestam

Firmada por todos os ex-Presidentes vivos da entidade, Carta ao Público de profissionais inscritos no Conselho Regional de médicos de São Paulo - CREMESP, reivindica a pronta e vigorosa manifestação d

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.