top of page

Trumpetada à brasileira

Os números a que economistas desavisados costumam atribuir mágicas virtudes parecem incômodos, quando não cabem nas contas com que grande parte desses profissionais tenta vender seu peixe. E reduzir a realidade. Donald Trump, o quase ex-Presidente dos Estados Unidos da América do Norte funda escola orientada por essa conduta. Por isso, 306 delegados e mais de 10 milhões de votos valem menos que a votação e os delegados conquistados por Joe Biden. Aqui, a rejeição aos candidatos apoiados pela pretensa cópia de Trump será objeto de análise, por especialistas e palpiteiros em geral, mas não são estes o alvo do interesse geral. Interessa à população o que dirá o Presidente da República. E, sejamos sinceros, não porque dele se espere alguma reação ou apreciação razoável. Isso seria ignorar a trajetória, o estilo e o destempero do ex-capitão. Olhe-se o mapa do Brasil, verifique-se o resultado eleitoral. Se passamos 16 anos para testemunhar o declínio do Partido dos Trabalhadores, menos de dois anos bastaram para desmascarar uma das mais escandalosas farsas políticas de que se tem notícia na Terra da Santa Cruz. Trompetes precisam ser bem afinados, em especial quando o apocalipse tem interrompido o som de suas trombetas.

3 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Não fazem falta

Há indivíduos que, ausentes, fazem enorme favor aos outros. Cafu e Ronaldinho Gaúcho organizam um jogo entre veteranos, cuja renda se destinará às vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul. Enquanto

O medo da urna

A credibilidade do governador Eduardo Leite afundou de vez nas águas do Guaíba e outros rios. Quando todas as cidades atingidas pelas enchentes baixarem, restará na lama o prestígio do governante. Alé

Provas provadas

A Revista de Saúde Pública, do Instituto Sérgio Arouca, tirou as dúvidas. Nós municípios em que o ex-capitão excluído das forças armadas e tornado inelegível venceu as eleições de 2022, o índice de mo

1 Comment


mentiras que sustentam a atual política econômica beiram à insanidade.

A Globo diz que essa crise é fruto do governo Dilma.

O Guedes diz que para superar a crise é só privatizar tudo.


Like
bottom of page