Sempre projeto

Otimista por convicção

encanecido pelo tempo

cedo vi o mundo e seus habitantes

capazes de experimentar

bela e frutuosa trajetória.

Para mim também, e não somente

entregue à compreensão do universo circundante

recorro desde cedo às páginas

cheias de letras imprestáveis

o que têm dito tonitruantes

e repetidos

ignorantes por opção

tenho buscado informação

análise e explicação

o que meus olhos veem

as narinas captam

dos bons ou maus sons

passageiros do meu

canal auditivo

a sensibilidade do paladar e da pele

qual máquina funcionando em

motu perpetuo

– até o átimo em que o último chegará –

o cérebro trata de iluminar os meus caminhos.

Acumulo como todos

emoções, frustrações,

recompensas, alegrias,

tristezas, decepções – esperança, também.

Em nada desigual

de todas as pessoas

salvo as que se bastam

em pôr-se de pé

caminhar sobre as duas patas traseiras.

O cérebro fornece-me

as lentes e os molhos necessários

ao entendimento do mundo e das coisas.

Das primeiras procede a cor posta no futuro,

simples como a construção

a que se entregam todos

desejem-no ou não.

O molho é feito na mistura

dos ingredientes contidos no

mundo à minha volta,

mais a balbúrdia nos neurônios

bem guardada.

Trago comigo uma só

certeza

a impossível tessitura

de sociedade melhor que seus feitores.

Sei-os bons, sei-os maus também

nenhuma é diferente do jogo

de vontades de sonhos

frustrações dores

de seus inquietos inventores.

A vontade coletiva se vária

variadas também são as

formas do tecido

a ocorrência de modelos diferentes

pois diferentes são os

seus autores.

Não agrada ao autoritário

o que à democracia agrada

não prospera a democracia

onde prevalece o tirano

da mútua cumplicidade

governantes e governados de mãos dadas

corações e mentes

em uníssono

destinos entre o comum e

o individual

aonde nos levará a democracia?

Incerteza instigante

benfazeja

vai-se fazendo certa

em mar revolto

como a dizer

ao homem que a prega

da dúvida vem

a chama que aquece

sem queimar o futuro

que não chega

até que um dia

como de surpresa

uma surpresa esperada nem se sabe

desde quando

para fazer-se

e não demora muito

uns sãos os modos

de administrar as controvérsias

– estas também elemento essencial

à configuração democrática

pretextada.

Diferentes, antagônicas a elas,

quando se trata do autoritarismo

não será jamais a força das ideias e propostas

a substância dos sonhos e projetos

que solverá as disputas.

A História nos tem mostrado:

é a força das armas,

inspiradora de coragem e vigor

aos que não têm a resposta às dificuldades.

Onde falta coragem,

onde haja carência de argumentos,

lá está o fogo pronto a acender

as fogueiras em que livros serão queimados,

esperanças serão incineradas,

descartada a vida, por

indesejada.

Por isso - e não é tudo

– afasto-me da estrada

por onde passaram meus olhos

esperançosos.

Ah, maldita História

fazendo-me lembrar dores antigas!

A covid-19 se terá chamado gripe espanhola,

Segunda Guerra, derrubada das torres gêmeas

– quantos nomes terá tido?

O que delas resultou

– uma sociedade mais fraterna?

Um homem que mereça certificado de humanidade?

O diploma da generosidade? ...?

Todos sabemos não ter sido assim.

Agora, abrem-se algumas algibeiras,

Preparam-se as malas

condutoras das riquezas da Terra,

maior que as migalhas oferecidas

é a ingenuidade maldosamente cultivada.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Nem sempre...

Poetas profetas que põem o que posto ainda não está pondo o que se apresenta ali e acolá tempo-espaço conubiados amores êxitos fracassos ódios estimas antevisões premonições versos verbos e rimas Poes

Batalha vencida

Não sendo o rei que caia a torre seteiras e olheiras desmontadas cegas as facas perdidas as setas balas enferrujadas transposta a barra mar aberto clarão desperto em escura noite tanto tempo cultuada

Morto - o sonho?

Desta não escapamos o vírus foi mais forte forçou-nos a abandonar vocês não sabemos se deixamos só que trouxemos conosco tanta saudade a falta do beijo sorridente do neto a preocupação com o emprego d

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.