Robin-Hood às avessas

Presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico- CODEC do Pará, o engenheiro Lutfala Bitar assina oportuno e interessante artigo publicado na imprensa paraense, no domingo 16 de agosto. Tratando da renovação da concessão da Estrada de Ferro Carajás à Companhia Vale do Rio Doce, meu colega no Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Presidência da República - CEDES, o também Presidente da Associação Comercial do Pará denuncia mais uma das muitas decisões governamentais lesivas à Amazônia. Embora esse não seja fato isolado, nem inédito, nunca será demais denuncia-lo. Em especial, porque repete vieses que remetem para as calendas qualquer propósito de reduzir as desigualdades sociais e regionais. Não obstante esses serem alguns dos objetivos constitucionais. Quem duvidar, que leia o artigo 3° da chamada Lei Magna.

Informa-nos Lutfala da renovação antecipada em 7 anos da concessão da ferrovia à mineradora que governo do PSDB transferiu para o controle do capital privado. O propósito do governo, segundo o articulista, é investir na construção de outra ferrovia, desta vez ligando a cidade de Mara-Rosa (GO) à de Água-Boa (MT), com 348 quilômetros de trilhos, a Ferrovia de Integração do Centro-Oeste. O chamado investimento cruzado favorecerá o transporte da da produção daquela região para os portos de Itaqui(MA) e Santos (SP). Nada contra o desenvolvimento do País, seja qual for o Estado interessado e beneficiado pelos investimentos públicos. Desde que recursos gerados em uma região mais pobre não sirvam para impulsionar unidades federativas que desfrutam de condições de vida de suas populações mais favoráveis. É exatamente este o caso, como informa o Presidente da CODEC. Maranhão e Pará registram a renda domiciliar de seus habitantes em 635 e 806 reais, respectivamente. Em Goiás e Mato Grosso tal índice marca 1.306 e 1.402 reais. Não se trata nem de descobrir um santo para cobrir outro. Porque santos é só o que não há nessa história toda. A não ser o que receberá a riqueza produzida no Centro-Oeste.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Entre o céu azul e a terra escura

Muito já se tem escrito sobre as dimensões do surrealismo que tomou conta do globo terrestre. Das contradições que descrevem as relações humanas nesse espaço de cujo tamanho ainda há dúvidas, também h

Pílulas

Pílulas Em tempos de covid-19 e das sequelas que ela pode determinar para os que pensavam lucrar mais do que já lucraram, com as quase 600 mil mortes, à ivermectina e à hidrocloroquina oponho as pílul