Retrato 17

Mais um negro foi morto no Brasil de forma covarde e criminosa. Desta vez, em Porto Alegre, nem a propósito, uma das capitais brasileiras onde não se comemora o Dia da Consciência Negra. Juntaram-se um segurança da loja dos supermercados Carrefour e um policial militar, para agredir o homem e pôr em prática a lição que vem da metrópole: joelhos fortes matam mais rápido e sem o custo de um projétil. Como George Floyd, a vítima foi asfixiada pelo agressor que o manteve sob o próprio corpo. Entrevistado, o vice-Presidente da República negou que se trate de manifestação racista. Nenhuma surpresa, depois de ele ter negado os incêndios florestais na Amazônia. Fato e interpretação suficientes para enriquecer o painel social e integrar o cenário em que vivemos.

1 visualização

Posts recentes

Ver tudo

Pandemia e endemia

Faz poucos dias, adverti para os resultados então incertos do segundo turno. Considerava àquela altura sem fundamento o triunfalismo de qualquer das forças em disputa. Também buscava conter a tendênci

Protagonismo

Quem se preocupe com o funcionamento adequado das instituições não pode negligenciar do papel desempenhado pelo Tribunal de Contas da União. Criado com o objetivo de suprir o Parlamento Nacional de as

Prefeitos, cidades e ODS

Mais dois dias, e os eleitores das capitais escolherão os novos prefeitos das cidades onde moram. Imaginar que algum dos disputantes pleiteia o cargo para realizar o que ficou esvaziado em seus vazios

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.