Retrato 14

O desemprego alcançou a marca dos 14%. Sendo que 6 milhões de desempregados desistiram de procurar ocupação. Certos de que emprego é coisa do passado. Como o era a inflação, com suas garras ameaçadoras agora vistas a olho nu. E a violência que não cessa. Nem se reduz. As riquezas naturais, destruídas pelas chamas invisíveis aos olhos dos que mandam. A corrupção transformada em fantasmas, embora todos a vejam presente. Pior, aproveitando-se da pandemia que breve terá recolhido aos indesejados sete palmos 160 mil brasileiros. Nada de que se possam queixar os acionistas do Bradesco. Que o diga o balaço* do último trimestre. Ganhar mais de 3 bilhões de reais não é para qualquer um. Sem ter a necessidade de, desta vez, comprar alguns equipamentos com que se torturaram e mataram tantos brasileiros. Outras formas de torturar e matar parecem mais saudáveis. E apascentam consciências inexistentes.


*Mais sábio que o editor, o teclado omitiu o N.

4 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Sem mato e sem cachorro

Cassar sempre será mais fácil que caçar. Nesta, precisa-se ter cachorro (à falta dele, gato serve). Na outra, o verbo substitui com vantagem o substantivo: matar é diferente de manter a mata. O cão ne

Triste destino

Se não podes contra o poderoso alia-te a ele. Esse o roteiro seguido pelo ex-senhor da Lava Jato, desmoronado muito antes do que imaginaria a mais criativa mente. Não dando certo a fundação urdida com

Pandemia e endemia

Faz poucos dias, adverti para os resultados então incertos do segundo turno. Considerava àquela altura sem fundamento o triunfalismo de qualquer das forças em disputa. Também buscava conter a tendênci

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.