Rascunho ou balão de ensaio?

A recente tentativa de proibir a leitura de amontoados de páginas cheias de letras, pelo governo de Rondônia não pode passar em branco. Balões de ensaio não têm sido raros na História do Brasil. Dos que me lembro, ainda está vivo na memória o célebre Plano Cohen. Envolveram-se nele, simbolicamente até, um capitão e um general, para pavimentar o terreno em que se plantou a ditadura de Vargas. Olympio Mopurão Filho era o militar subalterno; Goes Monteiro, o outro. Deu no que deu.

0 visualização

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.