Puxão de orelha iminente

Pagar pelo que não se diz é muito pior que pagar pelo que se terá dito. Isso, se todos sentíssemos a humilhação como prova de desrespeito e menosprezo. Algo como dizer que pancada de amor não dói. Pois que não se surpreenda op brasileiro lúcido, se novamente o ex-capitão Jair Bolsonaro puxar a orelha do general Eduardo Pazuello. Pressionado pelos interlocutores que entendem de Ciência, o superior-subordinado do Presidente tem dito o que o outro desdiz. Orelhas começam a arder.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Frente Cabana

Integrada por sindicatos, movimentos populares e associações representativas de diversos segmentos sociais, a FRENTE CABANA pretende organizar-se para enfrentar as dificuldades presentes e as que são

Sabedoria

Decidiu com sabedoria e sensibilidade social o Juiz Federal Ricardo Salles, ao suspender a aplicação do ENEM, em Manaus. Ao mesmo tempo, a recusa da Prefeitura quanto à cessão de salas para acomodar o

Bom apetite!

Antes, dizia-se dos partidos políticos que juntos compunham verdadeira sopa de letrinhas. Não eram ingredientes tão numerosos quanto hoje, mas serviam aos apetites dos interessados. A multiplicação de

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.