Porteira aberta


Tem sido lembrada a epidemia de meningite, quando era Ministro da Saúde Paulo de Almeida Machado. Então, a maquilagem das informações foi tentada, encontrando vigorosa resistência. Estávamos, então, em plena ditadura. Agora, muitos veem situação semelhante, e não só pelo propósito tentado na epidemia de meningite. Há outros sinais que reforçam a impressão de que o País cada dia mais se afasta da democracia. Com relação direta com a liberdade de expressão e o direito de informação militam a tentativa de dificultar o conhecimento de documentos públicos, a intenção de extinguir órgãos de comunicação, a classificação de documentos oficiais para fim de sonegá-los ao conhecimento público e, nestes dias de pandemia, a apresentação dos números da covid-19 no Brasil. Se ninguém se preocupar e reagir com firmeza, a porteira por onde passará a boiada prevista pelo sinistro do Meio Ambiente se abrirá mais e mais...

2 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Dinheiro enfezado

Cenhos cerrados, aparência indignada são expedientes conhecidos. Nem mesmo a cueca substituindo as pochetes e capangas (lembram-se delas?) é inédita. Mas criatividade não falta aos nossos políticos. P

Perverso roteiro

Promessas vãs. Indignação tradutora de hipocrisia. Aposta na ignorância do eleitor. Simulação de estar chegando agora. Chororô. Inoperância atribuída aos poucos recursos disponíveis. Mais do mesmo, às

Lições da vida

Desigualdade, taxação de grandes fortunas, inflação parecem palavras canceladas dos dicionários. Os especialistas e os curiosos – esses, então...! – raramente as mencionam em suas lições de rastejante

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.