top of page

Porrete diplomático

Gravem o nome dela: Marichu Mauro. Era a embaixadora das Filipinas no Brasil, até cometer descuido imperdoável. Agrediu e humilhou empregada da Embaixada, sua compatrícia. Por isso, foi chamada de volta ao país de Rodrigo Duterte. Foi-se o tempo em que diplomatas usavam punhos de renda e bons modos. De volta o big-stick, para agradar os patrões do mundo. Quase entramos no rol desses diplomatas de porrete nas mãos.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Desconstrutor

O vereador Sassá da Construção Civil (PT-AM) é favorável ao injustificado recuo de Lula, no quiproquó com Netanyahu. O que bastou para o advogado Marcelo Amil protestar, cheio de razão, em seu blog ww

Rusgas à vista

Se procedem, as informações sobre a pretensa blindagem do Exército pelo quase ex-tenente-coronel Mauro Cid, pode-se antecipar dificuldades no relacionamento entre a Marinha e as forças de terra. Segun

Stand up às avessas

O pralamentar Marcos Val tem irresistível e mal aproveitada vocação para o stand up. Ele não consegue fazer mais que desatar gargalhadas naqueles que ouvem suas - como direi? - narrativas. Ou, para se

Comments


bottom of page