Permanecer nadando

Há quem diga, e não sem razão, que fatores psicológicos pesam muito em relação aos perigos da covid-19. A queda no número de mortes e as formas de tratamento do mal induz certas pessoas à crença de que a pandemia passou. Não é bem assim, razão suficiente para serem mantidas todas as recomendações das autoridades sanitárias. Só a vacina, cada dia mais próxima de estar disponível, trará a segurança necessária. Arriscar-se agora, abandonando as medidas preventivas, pode significar morrer na beira, depois de tanto nadar.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Mais acima

Nosso tripulante Orlando Sampaio Silva foi entrevistado pela Associazione Culturale Internazionale Mandala, A.C.I.M.A. para a Vitrine do Artista Brasileiro. A entidade busca estimular e intensificar a

Dom Sérgio

Pesar é o sentimento que cerca a perda do arcebispo Emérito de Manaus, dom Sérgio Eduardo Castriani. Engajado nas melhores causas da sociedade, o sacerdote destacava ser a chegada ao céu o prêmio por

Poeta e o futuro

Nosso tripulante, antropólogo, professor e poeta ORLANDO SAMPAIO SILVA comparece com três textos, na Antologia Ferrari. Desta vez, para tratar do que o futuro nos reserva, neste 2021 - um ano de esper

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.