top of page

Peladeiros

Joguei peladas de futebol até os 55 anos. Nunca fui um craque, nem um perna-de-pau. Aprendi, porém, quanto prejudica o jogo aquele jogador sem a menor noção do esporte. Ele não só irrita os próprios companheiros de time, quanto tira a alegria e a beleza do jogo. Esse o sentimento resultante do insípido debate de hoje, entre os postulantes à Presidência da República. Os concorrentes não ganharam, nem perderam. Os eleitores, todavia, perderam seu tempo. Ler um livro, ou uma revista em quadrinhos lhes teria ensinado mais.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Não fazem falta

Há indivíduos que, ausentes, fazem enorme favor aos outros. Cafu e Ronaldinho Gaúcho organizam um jogo entre veteranos, cuja renda se destinará às vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul. Enquanto

O medo da urna

A credibilidade do governador Eduardo Leite afundou de vez nas águas do Guaíba e outros rios. Quando todas as cidades atingidas pelas enchentes baixarem, restará na lama o prestígio do governante. Alé

Provas provadas

A Revista de Saúde Pública, do Instituto Sérgio Arouca, tirou as dúvidas. Nós municípios em que o ex-capitão excluído das forças armadas e tornado inelegível venceu as eleições de 2022, o índice de mo

Comments


bottom of page