Para apostar

Na minha caixa de correio particular encontro mensagem de um leitor. Ele imagina no bolso do colete de Paulo Guedes o trunfo que porá fim à partida de jogo de cartas (marcadas, como no?): a dinheirama para pagar o auxílio aos mais pobres viria da tributação de cassinos, como veremos - diz o missivista. Não perderão os afortunados e o grupelho de privilegiados do serviço público; perderão menos do que esperavam os pobres miseráveis. Quem perderá mais é a sociedade. Tudo porque Deus está acima de todos, menos de alguns.

2 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Cara energia

A esperada inflação combatida pelos que só veem a Economia pelos números ganhou presente antecipado de Papai Noel. A energia, tão escassa quando se trata de beneficiar a maioria, para ela custará R$ 6

O tom de Kalil

Alexandre Kalil, prefeito reeleito de Belo Horizonte, foi entrevistado no Roda Viva da Tv-Cultura, ontem. No bom estilo dos cartolas do futebol, o pessedista mineiro apontou sua metralhadora verbal em

Ressaca eleitoral

O pós-eleição põe a mente dos observadores a ferver. Tanto os que viram confirmadas suas nem sempre fundadas previsões, quanto os profetas dos fatos consumados. A grande maioria, apostando em que a má

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.