Onde a novidade?


A memória humana é coisa digna de toda atenção. Fatos ocorridos ontem, nem por isso são logo lembrados, enquanto outros, distantes décadas, apresentam-se claros, cristalinos à observação de certas pessoas. Estranhar a publicação do decreto de exoneração (a pedido, será?) do ex-sinistro Abraham Weintraub só quando ele estava em segurança no depósito de escória chamado Miami, é sinal de péssima memória. Ninguém se lembra mais de que um decreto pondo fora do alcance da lei os que roubassem sob o pretexto de combater a pandemia teve que ser revogado.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.