O silêncio de um maestro

Morreu em Minas Gerais, onde vivia faz tempo, o maestro amazonense Nivaldo Santiago. Casado com a professora Maria do Socorro, Nivaldo e ela destacaram-se na vida cultural do Amazonas onde nasceram ele e sua mulher, e no Pará, onde o maestro teve importante participação no Coral da Universidade e no Curso de Teatro. Ambos fizeram parte do corpo docente da Universidade Federal do Pará. Daqui vão os pêsames aos familiares de Nivaldo, a toda a comunidade universitária do Amazonas e do Pará e aos que admiram e respeitam as artes. Estas, tanto quanto a sociedade, registram expressiva perda.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Nova colaboradora

Nicole Bomfim Seráfico de Assis Carvalho é uma jovem estudante, apreciadora da natureza e das imagens que ela oferece. Por isso, decidiu oferecer oi registro fotográfico do que seus olhos veem. Dela é

Silêncio incômodo

Não é que se deva conceder às Forças Armadas a guarda da Constituição. Para os que prezam a democracia, basta que os servidores públicos fardados se submetam aos mandamentos da Lei Maior. Nada além d

Acorda, Gutemberg!

Leitores, professores, indústria gráfica, editores, ilustradores e outras pessoas dotadas de inteligência sentem-se ameaçados. Os livros ficarão mais caros, caso sujeitos à tributação pretendida pelo

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.