O paraíso está próximo

Neste tempos de pandemia, não se sabe quais os mais mortíferos, vírus ou demônios com aparência humana. A insistirmos na regressão, chegará o dia em que teremos sido levados de volta aso Paraíso. Antes da expulsão de Lúcifer. Já nos encontramos bem antes de Beccaria, o aristocrata ao qual se atribui a fundação do Direito Penal. Ainda agora, há discussões sobre a função social da pena aos que delinquem. Há os que pensam como Talião, e por isso ignoram o caráter reeducativo da punição. Preferem vê-la como exercício legítimo da vingança. Desde que, é claro, seja aplicada aos outros, não a eles mesmos. Em geral, deveriam ser tratados com rigor maior que o dispensado a muitos depositados mas penitenciárias do País. O vice-campeão nos números da população encarcerada.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Pertinência e pertinácia

O Laboratório de Ensino, Pesquisa e Experiência Transdisciplinar em Educação da UEA realizará, dia 01 de maio, através do canal Youtube.com/tevelepete, a 3ª sessão de seu programa Conversas impertinen