top of page

O essencial da questão

Todo dia somos levados a admitir a sabedoria de Platão, no que concerne à essência do ser humano. Politico, sobretudo, é isso que o faz diferente em relação aos outros animais. Como estes, também natural, mas não só. Na vontade, ao invés de no instinto, e na busca de fazê-la concretizar-se, é que as decisões humanas são tomadas. Assim se vai construindo ou destruindo o mundo. A cada instante de nossa vida, individual e coletiva. Isto posto, comento recente artigo do ex-ministro Mailson da Nóbrega, sobre declarações do cidadão Luis Inácio Lula da Silva, aspirante favorito a reocupar o Palácio do Planalto. Refiro-me, em especial, à perspectiva absolutamente retrógrada da qual o economista contempla o horizonte histórico. Intrinsecamente ligado ao conservadorismo (obtuso em qualquer hipótese que ignore nosso grau obsceno de desigualdade), Mailson tem como pressuposto a fatalidade irremovível do sistema de mercado. Daí sua divergência em relação ao que diz Lula, a propósito de estabelecer novo rumo na política de preços dos combustíveis (Veja, 03.02.2022, digital). Mesmo tendo colhido maus resultados quando ocupou o Ministério da Economia (1988/1990) o crítico do ex-Presidente opina como se tivesse autoridade para fazê-lo. Talvez nem leve em conta que muitos dos nossos problemas atuais nada tenham a ver com uma trajetória, resultando, portanto, da agitação de uma vara mágica. Seu Plano de Verão, fracassado, levou a inflação para mais de 400%. O ingênuo diria que Mailson se equivoca. Outro, mordaz, atribuiria a ele pura e abissal ignorância. Nada disso! Saber acadêmico, presume-se que ele tenha. Tanto, que concluiu curso superior de Economia. Sua visão de mundo, sim, exclui a maioria, dentre a qual não estão os investidores. Só os consumidores de combustíveis. Tanto se lhe dá que se multiplique, mundo afora, o grito de que é possível um mundo diferente.
1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

França e franceses

Mais uma vez vem da França o anúncio de novos avanços na História. Esta quinta-feira marca momento importante daquela sociedade, há mais de dois séculos sacudida pelo lema liberté, fraternité, egalité

Uso indevido

Muito do que se conhece dos povos mais antigos é devido à tradição oral e a outras formas de registro da realidade de então. Avulta nesse acúmulo e transmissão de conhecimentos a obra de escritores, f

Terei razão - ou não

Imagino-me general reformado, cuja atividade principal é ler os jornalões, quando não estou frente à televisão, clicando nervosamente o teclado do controle remoto. Entre uma espiada mais demorada e ou

Comments


bottom of page