o amor nos tempos do coronavirus 19


para:

garcia marquez,

pelo mote deste poema

lave suas mãos

use sabonete

e as esfregue,

copiosamente,

em todos os sentidos

mas não o faça como pilatos,

em uma bacia

de sangue

use máscara

em todas

as ocasiões

e aproveite para

despir-se

das máscaras sociais

onde se esconde

respeite o isolamento social,

não se aproxime

menos de dois metros

do outro

mas não perca a ternura

de ser coletivo e de conformar-se

com as imagens frias dos

whatsapps, skies e outras

virtualidades

ame,

ame mais do que nunca

porque é preciso,

porque amar é completude e

libertação

suba e desça

o seu rio magdalena,

como fermina e florentino,

toda a vida!

paulo emílio

n. f. 19/05/2020

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O INCONTORNÁVEL MARX

José Alcimar de Oliveira * Ser radical é agarrar as coisas pela raiz. Mas, para o homem, a raiz é o próprio homem (Marx) 01. Mesmo depois do período do grande racionalismo da filosofia moderna ainda é