top of page

O Amazonas e a transição

O Amazonas está presente no processo de transição do (des)governo que morreu e não deitou ainda e o que se anuncia, cheio de esperanças e amor. A participação do deputado (não reeleito) Marcelo Ramos e do senador (reeleito) Omar Aziz quer dizer muito mais do que se pode à primeira vista imaginar. Tanto, que do primeiro se suspeita seja o nome a dirigir a SUFRAMA. Talvez - aqui é pura especulação do editor - a disputa fique entre ele e o deputado em fim de mandato José Ricardo Wendling. Economista (primeiro lugar na sua turma) com atuação em projetos industriais, o petista tem sido dos maiores defensores da ZFM/PIM. E, circunstância importante, também não foi reeleito. De qualquer maneira, pode-se esperar que a presença de Marcelo e Omar traga reais e duradouros benefícios para a região e sua economia.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Não fazem falta

Há indivíduos que, ausentes, fazem enorme favor aos outros. Cafu e Ronaldinho Gaúcho organizam um jogo entre veteranos, cuja renda se destinará às vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul. Enquanto

O medo da urna

A credibilidade do governador Eduardo Leite afundou de vez nas águas do Guaíba e outros rios. Quando todas as cidades atingidas pelas enchentes baixarem, restará na lama o prestígio do governante. Alé

Provas provadas

A Revista de Saúde Pública, do Instituto Sérgio Arouca, tirou as dúvidas. Nós municípios em que o ex-capitão excluído das forças armadas e tornado inelegível venceu as eleições de 2022, o índice de mo

Yorumlar


bottom of page