O 142

Partidos que se apresentam como de esquerda ingressaram juntos com pedido de impeachment do Presidente Jair Bolsonaro. A Câmara Federal, não demora estará sem espaço para arquivar as dezenas de pedidos semelhantes. São numerosos - e não é de hoje - os motivos que o Presidente deu para justificar o desejo de sua derrubada segundo o rito constitucional. Não faria sentido buscar apoio nas forças armadas, inclusive trazendo para seu lado oficiais ainda no serviço ativo, não tivesse ele interesse no caos. Enquanto no front jurídico e policial cuida de blindar os seus, na área política cria pretextos para o enfrentamento físico entre seus fanáticos seguidores e os que discordam dele. Até chegar a hora de solicitar a intervenção armada, que a Constituição dita cidadã também prevê. Quem duvida dê uma olhada, no artigo 142, caput. Ou todos já esquecemos a hipótese do auto-golpe e o jipe com um cabo e um soldado?

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Vaidade e remorso

O que resta em mim de esperança na sociedade humana trabalha contra o maniqueísmo. Nenhum dos bípedes a que, às vezes inadvertidamente, chamamos humanos, foge à regra: dentro de cada um de nós, todos

Direito de expressão e charlatanismo

Para dizer o menos, foi inoportuna a nota divulgada pelo Centro de Comunicação Social do Exército, a propósito de matéria publicada no semanário Época. Assinado pelo jornalista Luiz Fernando Vianna, o

Cenário e simbolismo

Cristiane Rose Jourdan Gomes é o nome dela, ocupante de uma cadeira na Diretoria Coletiva da Agência Nacional de Vigilância em Saúde - ANVISA. Na memorável sessão de ontem, em que foi unanimemente a

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.