Nuvem

Não se pense que todos deploram, pelo menos no mesmo grau, a presença do coronavírus em todos os continentes. Alguns aproveitam a pandemia como nuvem atrás da qual a incompetência se esconde. Para dizer o mínimo, pois de sábios não se podem esperar erros grosseiros. Donos da verdade posta em números, às vezes dão a impressão de não saber contar além de dez. Quantos são os dedos das mãos.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Poeta e o futuro

Nosso tripulante, antropólogo, professor e poeta ORLANDO SAMPAIO SILVA comparece com três textos, na Antologia Ferrari. Desta vez, para tratar do que o futuro nos reserva, neste 2021 - um ano de esper

Relógio e tempo

Hoje, novo poema é postado em PanPoética Demia. Desta vez, ilustrado. Passe por lá, de preferência vacinado e/ou seguindo todas as recomendações da Ciência e dos que a produzem ou respeitam.

Administração e pensamento

Grupo regional de professores e estudiosos da Administração reúne-se virtualmente na tarde da quinta-feira, 04, para elaborar atividades que constarão da reunião anual do ABRAS - Programa de Estudos d

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.