Nem Kafta

A farsa do contingenciamento de verbas para as Universidades públicas chegou ao fim. Até o final do ano, o valor previsto no orçamento será repassado às IES oficiais. A desculpa, esfarrapada como tantas outras, foi apresentada pelo patético Abraham Weintraub. Disse ele que o desempenho da arrecadação permitiu o remanejamento de recursos. Difícil é entender crescimento na arrecadação, quando o País entra em deflação. Ou procede a denúncia de que as reservas, cerca de 400 bilhões, começaram a ser queimadas? Nem Kafta (sic) faria melhor...

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Baralho

As cartas estão na mesa. Foram conferidas e embaralhadas. Chegada a hora da partilha, a distribuição dentre os jogadores sem o que não há jogo, dá-se por falta de um jogador. Dependendo da modalidade

Tambor cheio

Fabrício Queiroz (aquele melhor amigo encontrado em Atibaia) avisou: minha metralhadora está cheia. Mais claro o amigo número 1 não poderia ser, quanto às intenções. Dúvidas restam apenas quanto à ord

Repondo a verdade

A necessidade de uma reforma administrativa parece-me indiscutível, mas por motivos e com finalidades absolutamente contrários aos que vêm propalando governo, congressistas e patrões. Com o coro engro