Núpcias teratológicas

Aos autoritários poucas coisas incomodam tanto, quanto informações corretas sobre a realidade. Quando postos no poder, por golpes de Estado planejados ou aventura conduzida pela ignorância, uma das primeiras providências dos ditadores é o cerceamento da livre informação. Por mais que eu quisesse dizer diferente - e não é o caso -, a tentativa de impedir a população de acompanhar o holocausto administrado pela União se inscreve no quadro do autoritarismo em vigor. Talvez nunca, em nenhum trecho anterior de nossa História, o planejamento de um golpe manteve relações tão íntimas com a ignorância. De resto, a reprodução de um fato admissível apenas se de teratologias estivermos tratando. Talvez a literatura tenha no Frankenstein o melhor exemplar desse gênero e espécie. Mas não ficou aí a possibilidade de adotar conduta teratológica. O governo brasileiro agora o demonstra, pena que ao preço de, a esta altura, mais de 440 mil vidas humanas. Restará sempre a dúvida sobre se estamos diante de um acidente da natureza, ou de alcance de objetivos, missão cumprida, como sinceramente o revelou o ex-sinistro da Saúde. O reiterado e raivoso discurso e a decidida e brutal ação, manifestado o primeiro e empreendida a segunda pelo Presidente da República muito antes da campanha eleitoral de 2018, recomendam manter a hipótese ora suscitada.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Policialesco

Quem ainda tenha dúvida sobre a transformação do Estado democrático de Direito em um Estado policial, leia com atenção noticiário sobre as irregularidades atribuídas ao ex-reitor da UFSC, professor Lu

Justa reverência

Denominar o prédio em que se instalou a Faculdade de Artes da UFAM de Maestro Nivaldo Santiago era o mínimo que o velho professor merecia. Fez-se justiça a ele, cujos serviços profissionais engrandece

Zona Franca posta em questão

Promovida pelo grupo de pesquisas Ilhargas, do Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais da UFAM, uma discussão sobre a zona franca de Manaus será realizada hoje. Reunindo interessados no tem