Moralidade e fé

Mais uma vez, o articulista Contardo Caligaris, da Folha de São Paulo, dá uma excelente contribuição ao debate do tema. E coloca nos devidos termos a questão sobre as relações entre um sentimento e o outro, a conduta e sua inspiração. E me fez lembrar de um parente, assediado pelas amigas fervorosas em suas prátias religiosas. Um dia, frustradas na tentativa de devolvê-lo ao rebanho de que se desligara fazia tempos, disseram-lhe: a religião é um freio para o Homem. Ao que ele, pronta e calmamente respondeu: não sou cavalo para precisar se freios. Mal sabiam as amigas carolas que desprestigiavam a fé, ao invés de valorizá-la, como opção do pensamento. Neurônios sempre serão melhores que freios.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Sem zona

Proposta do Prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues (PSOL) assegurou renda básica de R$ 450,00 aos vulneráveis, durante a pandemia. A decisão teria sido unânime, se uma das vereadoras não tivesse tido p

Trágica parceria

Tinha assento no falecido CDES-Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Presidência da República, quando a proposta de criar parcerias público-privadas estava sob os holofotes. Boa coisa, pre

Comparação

Aos fissurados por números, talvez valha comparar. Cuba, com pouco mais de 11 milhões de habitantes, registra menos de 20 mil casos (0,19% da população) de covid-19, dos quais morreram 180 (0,9% dos

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.