Mercado em xeque


Tramita no Congresso o PL -1.166/2020, limitando a taxa de juros anual cobrada pelos bancos. A proposta original do senador Álvaro Dias (Podemos/PR) fixava em 20%; foi alterada pelo colega e correligionário gaúcho Lasier Martins para 30%. Vale a pena comparar com as taxas em vigor nos principais bancos brasileiros. BB= 213,43; CEF=181,40; BRADESCO=245,05; ITAÚ=291,11. De tanto ouvir que não se pode revogar a lei máxima da Economia, e por isso é absurdo taxar os juros, quase não acredito na notícia. E me pergunto: mas o mercado não regula tudo? Ou estamos diante de uma confissão: o mercado é incapaz de regular o que quer que seja?

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Acorda, Gutemberg!

Leitores, professores, indústria gráfica, editores, ilustradores e outras pessoas dotadas de inteligência sentem-se ameaçados. Os livros ficarão mais caros, caso sujeitos à tributação pretendida pelo

Tudo a ver

Adolescente, sempre que ia a pé para o Colégio Estadual Paes de Carvalho, atravessava toda a rua Riachuelo. No Centro de Belém, na rua estava instalada a maioria dos prostíbulos da cidade. Numerosos c

Pacato Plutão

Banda criada há oito anos, a Pacato Plutão foi contemplada do Prêmio Manaus de Conexões Culturais, e em consequência apresentará amanhã seu segundo álbum, com o sugestivo nome Soul do Norte. Composto

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.