Mercado e preço

Noticia divulgada ontem informa sobre suposta venda de sentenças, por magistrados amazonenses. Quase diariamente, sabe-se de mães acusadas de prostituir as próprias filhas. Dos primeiros fatos, sabemos ocorrerem Brasil afora (e adentro também). Dos outros, há lamentável e pouco diferente frequência. Que alguém pouco simpático às regras do mercado se revolte, é compreensível. Afinal, por definição, o mercado é o lugar onde oferta e procura se encontram, para fixar o preço. Se o mercado é o templo onde a religião põe o deus dinheiro em adoração, como defendê-lo e condenar a venda - de sentenças ou lá o que seja?


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O Brasil caiu nas mãos do seu torturador*

Em 17 de abril de 2016 na votação do farsesco impeachment contra Dilma Rousseff, Bolsonaro se tornou o Ubu rei nacional. Ubu Rei é um personagem de uma peça homônima de Alfred Jarry que data do final

Saída difícil

Imagine-se um carro Ford-T trafegando nas ruas das grandes cidades. Por mais agradável que fosse conhecer aquele símbolo do mundo industrial emergindo, ninguém negaria o anacronismo da paisagem. Pois

Quem quiser, que o compre

Assisti à sessão híbrida em que a Câmara dos Deputados confirmou a decisão unânime do Supremo Tribunal Federal, determinando a prisão do deputado Daniel Silveira. O relatório lido pela autora, deputa

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.