Mercadejando


O Planalto parece administrar uma loja de departamentos, cujo lema é o toma-lá-dá-cá. Da seção partidos de aluguel, aos poucos as operações mercantis vão se espalhando para outros boxes e lojas do shopping político. Ontem, os clientes foram os governadores. Ninguém se admire se, pouco adiante, for aberta a loja de associações profissionais e entidades as sociedade civil. Aos poucos, a tentativa de cooptação pelo pior viés. Mas, admitamos, se é de mercado nosso sistema, como fazer diferente? O que está à venda, comprado será.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Nova colaboradora

Nicole Bomfim Seráfico de Assis Carvalho é uma jovem estudante, apreciadora da natureza e das imagens que ela oferece. Por isso, decidiu oferecer oi registro fotográfico do que seus olhos veem. Dela é

Silêncio incômodo

Não é que se deva conceder às Forças Armadas a guarda da Constituição. Para os que prezam a democracia, basta que os servidores públicos fardados se submetam aos mandamentos da Lei Maior. Nada além d

Acorda, Gutemberg!

Leitores, professores, indústria gráfica, editores, ilustradores e outras pessoas dotadas de inteligência sentem-se ameaçados. Os livros ficarão mais caros, caso sujeitos à tributação pretendida pelo

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.