Maria Sylvia Nunes morre em Belém

A professora emérita Maria Sylvia Nunes morreu na capital paraense, onde nasceu, na última quinta-feira. Fundadora do Norte Teatro Escola e da Escola de Teatro da Universidade Federal do Pará, Maria Sylvia lecionou durante 30 anos na UFPA e, em 2002, teve seu nome dado ao teatro construído na Estação das Docas, um dos pontos mais visitados moradores da cidade e pelos turistas que vão à capital paraense. Maria Sylvia, que contava 90 anos, foi casada por 60 anos com o filósofo e professor Benedito Nunes, morto em 2011. No final dos anos 1990, o casal veio pela última vez a Manaus, participar de evento promovido pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia e a Fundação Amazônica de Defesa da Biosfera - FDB.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O Brasil caiu nas mãos do seu torturador*

Em 17 de abril de 2016 na votação do farsesco impeachment contra Dilma Rousseff, Bolsonaro se tornou o Ubu rei nacional. Ubu Rei é um personagem de uma peça homônima de Alfred Jarry que data do final

Saída difícil

Imagine-se um carro Ford-T trafegando nas ruas das grandes cidades. Por mais agradável que fosse conhecer aquele símbolo do mundo industrial emergindo, ninguém negaria o anacronismo da paisagem. Pois

Quem quiser, que o compre

Assisti à sessão híbrida em que a Câmara dos Deputados confirmou a decisão unânime do Supremo Tribunal Federal, determinando a prisão do deputado Daniel Silveira. O relatório lido pela autora, deputa

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.