top of page

Manaus abre a turnê de Marilza Foucher

Radicada em Paris há mais de 40 anos, a jornalista e economista amazonense Marilza de Melo Foucher, lançará em Manaus, o livro de memórias, intitulado Fragmentos de tempos vividos, no dia 7 de março, às 18h30, no Instituto Geográfico Histórico do Amazonas, Museu Crisantho Jobim, localizado na rua Bernardo Ramos, 117, Centro.

Manaus será a primeira das sete cidades a receber a turnê de lançamento do livro, que passará, ainda, por Belém , Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Campina Grande e encerra a turnê em Fortaleza.

O livro conta com mais de trinta crônicas curtas, recheadas de memórias, de aspectos pessoais e vivências que surgiram sem censura, de uma nortista brasileira vivendo na ‘Cidade das Luzes. A obra não possui uma ordem cronológica, mas tem início com sua chegada a Paris, no final dos anos 1970, para fazer um doutorado na área de Economia.



4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Vacina necessária

Logo os negacionistas protestarão. O que lhes pode interessar, diante do anúncio da celebração de um acordo entre laboratórios, para a criação de uma vacina anti-mal de Alzheimer? Só quem nada sabe so

Convívio versus hostilidade

Está lá, na página 41 da edição da última quarta-feira, no Estadão. O artigo em que o festejado antropólogo Roberto da Matta coloca interessante e oportuno dilema. Entre os que convivem em paz e integ

Símbolos

Vera Rosa, colunista do Estado de São Paulo, considera as enchentes do Guaíba a covid de Lula. Não destaca a diferença de conduta do triPresidente, em relação ao seu antecessor. Mas elege três símbolo

Comentários


bottom of page